Administração

O líder moderno e o seu perfil no mercado

  • EditorChefe
  • data
  • 0
  • 0

O mercado de trabalho, como bem sabemos, está sempre em constante evolução, assim como o perfil do líder. Novas tecnologias surgem a todo momento para auxiliar nos processos de produção e de gestão, boa parte dessas novidades são digitais.

Mas, e quanto à liderança? Os líderes têm acompanhado todas essas mudanças no segmento administrativo? Tem acompanhado a revolução digital imposta com ainda mais força pela pandemia?

Bem, nós do Notícias e Negócios, listamos algumas das características mais requisitadas no perfil de novos líderes. Um ótimo panorama para você que já é líder ou pretende se tornar líder em algum momento da sua carreira, estar atento a esses tópicos será de grande ajuda.  

O líder precisa, mais do que nunca, de empatia


Antes de qualquer coisa, um líder precisa se identificar com o seu time. E nada melhor do que a empatia para fazer isso dar certo. Saber se colocar no lugar de seus subordinados é uma qualidade que fará com que você, apesar de qualquer meta, continue sendo um líder mais humano, e claro, sendo tratado como tal. Viu? A empatia é a chave da reciprocidade.

E isso, convenhamos, não é uma característica que o mercado exige de “agora”. De forma geral, um líder deveria, em tese, ter sempre essa característica, uma personalidade de empatia e entrosamento com a sua equipe. Afinal, um líder é aquele que está junto e não acima do time. Vale lembrar ainda da importância do “salário emocional“, reconhecimento é tudo.
  

O líder moderno tem que saber lidar com diferentes perfis


É claro que todos nós temos um certo tipo de perfil com o qual trabalhamos melhor. Agora, imagine ter um time todo formado por pessoas assim, com o perfil que nos agrada, imaginou? Pois é. Não existe!

E é por isso que um líder deve mapear as características pessoais de cada liderado. Isso com certeza fará com que o desenvolvimento da equipe tenha mais chances de sucesso.

Ele saberá lidar melhor com cada personalidade, não sendo “falso” ou modificando seu tratamento com um e com outro. Mas sabendo argumentar, dialogar, brincar, tudo de acordo com a abertura que cada profissional permite. 

O líder moderno tem que saber dar e receber feedbacks


É claro que os feedbacks são de extrema importância no ambiente de trabalho. Saber sinalizar os pontos a melhorar sem causar nenhum tipo de constrangimento é um verdadeiro desafio. Mas há meios de se fazer isso, sempre buscando trabalhar com a inteligência emocional.

Da mesma forma, um líder deve ser receptivo para receber apontamentos de sua equipe. Quando o assunto é liderança, a troca é sempre algo positivo. O líder nato, sabe ouvir feedbacks sem se “armar”, e tenta absorver e aprender o máximo que pode com a crítica. Claro, se ela for construtiva!

Reconhecer méritos é essencial


Aqui vai um ponto importante: reconhecer os méritos de um subordinado ou até mesmo da equipe mantém as pessoas motivadas e cria um certo norte na mente dos profissionais. Como sabemos que cada um possui características específicas, as pessoas podem sentir no que exatamente elas se destacam.

Alguns podem ter facilidade na oratória, outros no quesito de vendas e persuasão, outros tem um ótimo relacionamento com os outros colegas, outros são ágeis e perfeccionistas, outros podem ser criativos, dinâmicos e por aí vai. O importante é saber “escanear” essas habilidades e sempre que possível reconhecer os méritos de cada um.  

Inteligência emocional é vital para um líder!


Inteligência emocional vai além de ser uma pessoa que consegue controlar suas próprias emoções. Contornar uma crise interna, como problemas de relacionamento, ou até mesmo lidar com um desligamento mais complicado, é algo que exige resiliência e feeling bem aguçado. Mais informações sobre a inteligência emocional neste artigo

Você pode conhecer algumas palavrinhas e frases para evitar no ambiente corporativo neste artigo, sempre é bom saber, não é mesmo?

Saber pedir ajuda quando necessário


Um líder precisa ser suficientemente seguro para levantar a mão e pedir ajuda, assim como estar sempre aberto a tirar dúvidas e ensinar coisas novas. Um clima colaborativo é o que cria o espírito de equipe. 

O líder também deve ser acessível, ser responsivo com os e-mails, nas mensagens via WhatsApp, ou até conseguir um tempinho para bater um papo, não é bom trabalhar com alguém acessível?

Afinal, não somos robôs e precisamos socializar no trabalho, até porque é o ambiente que passamos boa parte das nossas vidas. 

Liderar pelo exemplo! 


No final de tudo, suas habilidades de liderança estarão ligadas à capacidade de inspirar pessoas e ganhar o respeito delas pelo exemplo!