As habilidades necessárias para se destacar no mercado

Conforme pesquisa recente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBEG), a taxa de desemprego no Brasil marcou 11% em março deste ano. O que significa que há milhões de brasileiros em busca de oportunidades. Muitos deles capacitados e com habilidades específicas aprimoradas, ou seja, concorrência!

Dados assim fazem a gente pensar: quais são as habilidades profissionais que as empresas estão buscando?

A evolução do mercado de trabalho requer muito mais que habilidades técnicas, mas o desenvolvimento de competências comportamentais que se sobressaem ao conhecimento adquirido em uma faculdade, curso técnico ou profissionalizante. É preciso entregar algo mais para se destacar perante os concorrentes, de maneira que você tenha um diferencial competitivo.

Portanto, para que consiga realizar um planejamento de carreira eficaz, o Instituto Mix de Profissões, que entende muito bem do mercado e suas preferências, elencou algumas das habilidades que estão em alta e que são buscadas em qualquer tipo de profissional.

Se conhecer é fundamental para passar credibilidade e confiança! 


Para realizar qualquer proeza na vida, entenda que é preciso se auto conhecer e compreender quais são os seus limites, suas angústias e, principalmente, seus propósitos. Quanto mais profundo o mergulho em si mesmo, maiores as chances de trabalhar com o que gosta, afinal, você não se sujeitará a permanecer em uma função que não te traz bem-estar.

O autoconhecimento faz com que você tenha gerenciamento do seu tempo, mostre uma capacidade analítica de encarar os vários cenários que surgem e controle as próprias emoções, o que é primordial em qualquer empresa.

Quando você se enxerga, a automotivação vira algo natural e torna sua carreira muito mais sólida, por saber exatamente onde deve pisar e o porquê de cada escolha.

Estar aberto e ser flexível às novas experiências e oportunidades 


Ter flexibilidade é algo indispensável para não se sentir um peixe fora d’água no ambiente de trabalho, tendo em vista que você conseguirá se adaptar em qualquer lugar e terá os recursos comportamentais necessários para se dar bem.

Quem sabe trabalhar com as ferramentas que dispõe, especialmente se elas forem escassas, sem dúvida alguma larga na frente na corrida pelos melhores empregos.

O mercado de trabalho busca profissionais que, além de saberem conciliar estudo e trabalho, saibam ter resiliência, isto é, a habilidade de se recompor diante das adversidades, o que pode ser de suma importância em tempos de crise, por exemplo.

Saiba lidar com a insegurança e tenha comprometimento para virar o jogo, pois quem se adapta com eficiência não vê motivos para se lamentar.


Criatividade está entre as habilidades indispensáveis! 


O que será que pessoas como Bill Gates, Elon Musk, George Lucas e tantas outras personalidades têm em comum?

Se essa pergunta valesse um milhão de reais, com certeza você deveria responder que a criatividade é o diferencial, pois é um dos talentos profissionais que mais gera novos produtos e serviços focados em inovação.

Demonstrar criatividade é contar com o improvável e visualizar o que ninguém está vendo, ou seja, é trabalhar com a improvisação e mostrar que existem infinitas vertentes para resolver um mesmo problema.

Quem bebe dessa fonte criativa sabe proporcionar novas soluções e costuma obter destaque em áreas de tecnologia, marketing, design e tantas outras que auxiliam no crescimento de um negócio. Tem dificuldade com criatividade? Acessa este artigo para saber como melhorar sua criatividade!

A comunicação é a chave para melhorar outras habilidades 


Por mais que tenha muito conhecimento, ao assumir uma característica introspectiva, fica difícil se destacar em relação aos outros e você pode cair no esquecimento dos recrutadores.

Entre as habilidades profissionais mais requisitadas, manter uma boa comunicação pode transformar até a forma como as pessoas enxergam você, ou seja, colabora muito para o seu marketing pessoal.

É um princípio básico de sobrevivência, tendo em vista que precisamos nos comunicar para encontrar um lugar que não conhecemos, barganhar os melhores preços, lutarmos pelos nossos direitos etc.

Quem se comunica bem assume um posto de autoconfiança, sem contar que demonstra uma grande competência persuasiva e sabe lidar com as pessoas da melhor maneira possível.

O mercado precisa de líderes com atitudes de um verdadeiro líder! 


Pode parecer óbvio dizer que o líder precisa ter atitude de líder, mas o que mais existe atualmente são pessoas em cargos de liderança que não possuem nenhuma habilidade, tato, ou noção de liderança, para exercer esta função.

Assumir um papel de liderança não é necessariamente mandar em outras pessoas, mas sim conduzi-las de maneira estratégica em prol de um objetivo. É indispensável demonstrar iniciativa para ser um líder nato, de modo que o senso de responsabilidade e a visão sistêmica sejam características presentes para solucionar problemas.

De maneira geral, os líderes agem não só com o intelecto, mas com a intuição para extrair o que há de melhor de suas equipes, a fim de construir um clima organizacional colaborativo.

Se você visa uma carreira em Y, por exemplo, ter o poder de liderar é algo que pode colocar seu currículo na frente de muitos outros, porque terá a proatividade na medida certa para se destacar.

Seriedade e integridade entre as habilidades fundamentais


As empresas necessitam de pessoas íntegras que não só vistam a camisa, mas saibam a importância de manter os segredos estratégicos da companhia.

É uma obrigação básica que seu perfil profissional seja coerente e ético, pois a honestidade pode colocar você em altos cargos, especialmente se a sua função demanda mexer com grandes volumes de dinheiro.

Quem age com integridade auxilia a preservar a própria imagem e da empresa, além de lidar melhor com as pessoas e prezar pelo cumprimento das legislações internas e externas.

Pessoas com empatia tem muito mais chances no mercado


Tendo em vista que não vivemos em uma ilha deserta e que precisamos de outras pessoas o tempo todo, a empatia é uma das habilidades profissionais que faz mais diferença no cotidiano das empresas.

Colocar-se no lugar do outro é um sinal de evolução e autoconhecimento, pois demonstra nobreza de enxergar as próprias limitações e compaixão com o próximo para reconhecer que ninguém é perfeito.

A empatia estreita laços de relacionamento, evita prejulgamentos, aprimora o networking, gera qualidade de vida e é peça-chave em uma cultura de feedback humanizado, fazendo com que você se destaque gradativamente. Inclusive, agir com empatia pode facilitar muito nos trabalhos em equipe, resultando em projetos otimizados e estruturados.

Por fim, reflita sobre essas habilidades profissionais apresentadas e veja quais delas você ainda não domina, de modo que tenha o objetivo de lapidar suas imperfeições para conquistar novas competências e ter grandes chances no mercado de trabalho. Sucesso! 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.