Saúde

Estresse: relaxe com essas dicas simples

  • EditorChefe
  • data
  • 0
  • 0

O ser humano é diariamente bombardeado com informações e atividades que requerem sua atenção e, em muitos casos, seu total comprometimento com o que está fazendo. Isso causa um grande estresse, o ano de 2020 tem se mostrado um ano desafiador para muitos brasileiros.

É o caso de quem trabalha fora ou nos afazeres domésticos do dia a dia que, assim como em uma empresa, causam estresse e tensões para quem tem que lidar com a rotina de uma casa.

Os últimos acontecimentos também tem gerado um alto nível de estresse nos brasileiros como a pandemia do Covid-19 e seus reflexos, por exemplo. A economia em crise, desemprego crescente, a burocracia e as dificuldades para quem mais precisa conseguir auxílios do governo. Definitivamente não é um ano fácil, mas vamos todos superar e, claro, tudo isso vai passar!

Vamos te ajudar a relaxar, e tentar esquecer tudo isso, com algumas dicas simples, basta reservar um tempinho na sua rotina e começar a viver a vida de forma mais calma e se desligar da enxurrada de informações negativas e desnecessárias em nossa vida, que tal?

ASMR: a moda do momento!


Se você ainda não se deparou com nenhum vídeo de ASMR no YouTube®, abreviação do inglês Autonomous Sensory Meridian Response ou no português, Resposta Sensorial Autônoma do Meridiano, fica a dica para você aproveitar as muitas opções de vídeos para fazer você relaxar em questão de minutos.

São vídeos que especialistas costumam dizer que “massageiam nosso cérebro”, sons que geram espécies de “gatilhos” que fazem o cérebro relaxar e, por consequência, seu corpo todo em poucos minutos. Os sons geralmente são suaves, bem baixos, conversas lentas, causando relaxamento imediato.

Geralmente os youtubers que possuem canais especializados em ASMR pedem para que quem assiste os vídeos use um fone de ouvido para melhorar a experiência e evitar que ruídos externos tirem a atenção de quem está ouvindo.

Nem sempre quem busca o ASMR precisa assistir os vídeos, a maioria deles são destinados apenas com intuito de atingir a audição, não precisando você prestar atenção ao que está sendo feito no vídeo. Já outros, aí sim, são “visuais”, gestos e movimentos que fazem, por meio da visão, a pessoa relaxar. Fica a nossa dica para você experimentar essa sensação. Busque por ASMR no YouTube® e relaxe.

Celulares x estresse


Pois é, você deve estar pensando: “largar o celular de canto é impossível por causa do meu trabalho e minhas atribuições, tenho que estar sempre alerta”, só que não!

O contato constante com as tecnologias como os celulares, as mídias sociais, os computadores, entre outros aparelhos, acabam gerando ao longo do dia um alto nível de ansiedade: “preciso responder tudo e a todos, preciso ser eficiente, preciso ficar atento!”.

Quando você finalmente chega em casa, ainda assim, sente dificuldade para largar o celular no canto e “deixar rolar” por causa do agito do dia, não é verdade? Mas acredite, é preciso se desconectar do aparelho pelo menos a noite, antes das suas horas de sono.

Ouvir uma boa música, sentar-se no sofá e tentar apenas respirar e relaxar, assistir um bom filme ou uma boa série, fingir que não existe “mundo lá fora”, e todos os seus problemas, ajudam muito também.

Você precisa dessas recompensas diárias, isso ajuda você a relaxar e ver que existe algo há mais do que o trabalho e suas atividades relacionadas a ele, ou a sua rotina cuidando da casa.

Sinta a natureza e deixe o estresse


É hora de notar mais o seu planeta, a natureza e o que ela nos proporciona diariamente. Quando você acordar abra a janela e respire fundo o ar da manhã, encha os pulmões de oxigênio e sinta que isso lhe fará um bem imediato. Quando chegar em casa a noite, se o tempo for favorável, tente contemplar o céu por alguns minutos, ver as estrelas, sentir a brisa, o vento, tocar seu rosto.

Se for seguro, busque fazer caminhadas em parques e lugares arborizados, sempre, é claro, respeitando o isolamento social e utilizando a máscara, conforme o “novo normal”. O contato com a natureza ajuda no processo de relaxamento. O canto dos pássaros, o cheiro das flores e das árvores serão revigorantes. Se você morar perto da praia, de um pulinho lá e “aterre-se”.

Especialistas dizem que costumamos viver com calçados o tempo todo, raramente sentimos a terra abaixo dos nossos pés. Tente tirar os calçados e deixe a sobre carga ir embora. E isso não é superstição, acredite. É cientificamente comprovado que nossos pés quando em contato com a terra, ou areia no caso das praias, absorvem íons negativos que atuam como poderosos nutrientes para o corpo e, ao mesmo tempo, causam uma sensação de alívio e relaxamento imediato.

No caso das praias há um duplo benefício, além do aterramento você pode molhar seus pés e pernas no mar o que é, convenhamos, muito relaxante. Principalmente depois do expediente, perto da hora do pôr do sol.

A água salgada possui inúmeras propriedades terapêuticas graças a sua abundância de sais. Uma caminha de pés descalços na beira mar com as ondas batendo suavemente em seus pés, com certeza, vai te renovar.

Escreva o que vier na mente


Um ótimo exercício para quem está sempre com os nervos a flor da pele por causa do estresse é escrever a mão. Lembre-se que o foco aqui é deixar as tecnologias de lado, já que você as utiliza o tempo todo. Faz quanto tempo que você não sente a sensação de escrever a mão em um caderno ou uma folha em branco?

Seja pela manhã ou quando você chegar do seu trabalho, tente escrever o que vier à mente, em uma simples folha de papel com lápis ou caneta. Escreva o que estiver te incomodando, o que você queria fazer, ideias, coisas fictícias, use seu cérebro estressado para despejar no papel tudo o que vier a mente.

Lembre-se que você não é um escritor, não se preocupe se o texto não fizer sentido ou se terá erros de ortografia. A intenção é relaxar, não surtar com essa atividade, ok? Você vai ver que esse hábito vai fazer com que você “jogue para fora” o que te incomoda e, consequentemente, te estressa. Vale a pena tentar.

Exercite-se!


Algo que é bem útil para relaxar, embora não pareça, é fazer algum tipo de atividade física. Mesmo em tempo de pandemia e isolamento social, é possível exercitar-se. Academias por exemplo são uma ótima opção, elas oferecem além de musculação, em que você trabalha os músculos puxando pesos, aulas de jump, bikes, aulas localizadas, circuitos, zumba e muito mais. (Procure sempre os estabelecimentos que respeitam o número máximo de alunos e que faça a higienização adequada dos aparelhos).

Mexer o corpo em atividades físicas além de extravasar o baixo astral, ajuda a liberar substâncias que melhoram nosso humor, capacidade de raciocínio e, obviamente, melhoram sua saúde em geral como a respiração, resistência e combatem a obesidade.




Atividades de concentração também são ótimos exercícios contra a ansiedade e o estresse como a meditação e o ioga. Tenta “limpar a mente” e sentir o seu corpo. A sua respiração, os batimentos cardíacos, a brisa no seu rosto, tente esvaziar sua mente de todos os pensamentos, é uma atividade difícil, mas com prática se chega lá.

Viu como são opções simples? Escolha alguma delas, ou todas se preferir, e comece agora mesmo a relaxar, levar a vida de um jeito mais leve e menos estressante.