Educação

Leitura: como aprimorar e otimizar!

  • EditorChefe
  • data
  • 0
  • 0

O hábito da leitura ainda é algo que precisa ser estimulado nos brasileiros. A média de livros que um brasileiro lê durante o ano ainda é muito baixa se compararmos com os números de muitos vizinhos na América Latina, e ainda mais baixa se compararmos com os países desenvolvidos.

Lemos por aqui, em média, dois livros por ano e 30% da população nunca comprou um livro, dados do próprio Governo Federal. Quando falamos de livros, isso inclui também os leitores de livros digitais, os e-books.

Porém, é quase um consenso entre os brasileiros, a vontade de ler mais. Todos sabem que é importante, mas dificilmente a população consegue agregar a leitura à rotina. Trabalho, afazeres de casa, estresse e falta de incentivos (como os altos preços de livros) atrapalham para que boa parcela da população tome gosto pela leitura voluntária.

A prática da leitura, em si, é extremamente saudável e relaxante, faz bem para a memória e enriquece culturalmente, além de ser um método de sair da sua realidade e viajar para vários lugares sem sair de casa.

Antes de mais nada, escolha um livro!


Se você tiver uma leitura obrigatória, pegue o livro necessário. Caso você não tenha, escolha um de acordo com o seu interesse. O importante é ter o livro com você, ao seu alcance. Pode ser também uma revista ou um jornal, para começar. Não escolha nada muito técnico ou maçante, lembre-se: esse processo é para fazer com que você tenha gosto pela leitura, tem que ser prazeroso.

Busque algo agradável para começar, se tiver oportunidade, pois escolher um título que te dê prazer é um método fundamental em como desenvolver o hábito da leitura. Se você gosta do tema “policial”, escolha livros de detetives e de investigações, há muitos outros gêneros como fantasia, ação, romance, suspense, ficção científica e história.

Comece a leitura devagar, no seu tempo


Depois de escolher um livro que te agrade e seja do seu interesse, estabeleça uma meta. Pode ser pequena, quinze minutos por dia, um capítulo diário ou um tanto “x” de páginas, por exemplo.

Durante esse tempo, dedique-se completamente a leitura: não pense em mais nada e não ligue a televisão, não ouça podcast, ou converse com pessoas via redes sociais para não fazer duas coisas ao mesmo tempo. Isso só tirará o seu interesse na leitura e impedirá que você se entregue e se envolva verdadeiramente com o livro.

O fato de fazer isso todos os dias acaba por se tornar um hábito. Depois que você se acostumar e pegar gosto pela leitura, naturalmente esse tempo diário vai aumentar. Até chegar o dia que você não verá a hora de chegar em casa e continuar a leitura.

Não desista da leitura antes de trocar o livro!


Se você já tiver passado da metade do livro e ainda assim ele não te agradar, pode ser que você goste mais de outros gêneros literários. Ao invés de desistir, procure outro livro diferente, com uma escrita mais fluída, em um tema que você goste.

Tente de novo até dar certo e você entender como desenvolver o hábito da leitura e você se “achar” quanto a gostos, tipos de escritores e gêneros literários.

Não se martirize, leitura é por prazer


Lembre-se: leitura é por prazer, e não por pressão. É claro que muitas vezes é preciso ler algo por obrigação, seja pelos estudos ou pelo trabalho, mas para saber como desenvolver o hábito de ler é necessário começar lendo por prazer e depois disso você se sentirá apto a ler para outros fins, como o de lazer, lendo como, quando e o assunto que você achar melhor.

Não se pressione tanto, se o livro estiver maçante ou desinteressante, não force a leitura mesmo assim. Isso pode fazer com que você acabe abandonando o plano de se tornar um leitor, ou então fará com que o resultado daquela leitura não seja bom, já que ao invés de absorver o melhor da experiência, você só ficará mais cansado.

Procure leituras que te agradam


Após terminar um livro e se dar conta de que gostou daquela leitura, você pode procurar outros similares àqueles que te agradou. Uma boa ideia é procurar outras obras do mesmo autor, já que a escrita dele te cativou, ou com um tema parecido, histórias que se passem no mesmo período ou no mesmo cenário e país de origem.

Para isso você também pode recorrer a fóruns de internet ou redes sociais literárias e dar uma olhada nas resenhas. Em muitas páginas de livros cadastrados nessas redes existem indicações de outros similares.

Sempre que puder, leve um livro com você


Se estiver disposto a cultivar o hábito da leitura, carregue sempre um livro com você. Aproveite os momentos livres do seu dia, como a sala de espera do médico, o horário de almoço ou outros momentos em que esteja sem nada para fazer e se distraia com a leitura.

Lembre-se: ler é mais do que uma obrigação que pode aparecer durante os estudos e trabalho, é um hábito benéfico, que auxilia na memória, no relaxamento do estresse do dia a dia e uma ótima terapia para momentos de tédio. Vale a pena investir e criar esse bom hábito!