Auxílio Brasil libera primeira parcela em 2022

Em época de economia, inflação e dificuldades econômicas nas famílias brasileiras, toda a ajuda é bem-vinda, não é mesmo? E o Auxílio Brasil (novo nome do extinto Bolsa Família) vem para dar um alívio a milhões de brasileiros que precisam comprar o básico para sustentar a família ou pagar dívidas atrasadas, que acumularam durante a pandemia.

O governo federal liberou nesta terça-feira (18) a primeira parcela do Auxílio Brasil de 2022. Recebem os inscritos no extinto Bolsa Família com o Número de Inscrição Social (NIS) de final 1. O valor médio do benefício vai ser mantido em R$ 400 até o fim do ano. O auxílio é pago de acordo com o último dígito do NIS. Continue lendo para saber mais!

Quem são os brasileiros que têm direito ao Auxílio Brasil?


O Auxílio Brasil é concedido a famílias consideradas na extrema pobreza (renda mensal de até R$ 100 por pessoa) e na pobreza (renda per capita de até R$ 200 mensais). Todas as famílias inscritas no antigo Bolsa Família têm direito ao novo benefício do Auxílio Brasil.


Calendário de pagamento do Auxílio Brasil conforme o Ministério da Cidadania

Como receber?


Os benefícios poderão ser pagos por meio das contas:  

– Poupança Social Digital;
– Conta Corrente de Depósito à vista;
– Conta Especial de Depósito à vista; e
– Conta Contábil (plataforma social do Programa).  

O crédito dos benefícios financeiros será realizado na conta contábil apenas quando: 

– o beneficiário não possuir nenhuma das outras modalidades de contas bancárias;
– no caso de, mesmo possuindo, optar por receber o crédito por meio da conta contábil;
– ou quando o crédito não for realizado por impedimentos técnicos, operacionais ou normativos, como bloqueio, suspensão inativação ou encerramento das contas. 

A abertura da conta poupança social digital para os pagamentos dos benefícios do Auxílio Brasil poderá ocorrer de forma automática, em nome do Responsável Familiar inscrito no Cadastro Único. A família poderá sacar os benefícios do Auxílio Brasil com o Cartão Bolsa Família. 

Caso o titular da conta contábil esteja impedido de sacar o benefício, será permitido o pagamento ao portador de declaração da gestão municipal ou distrital, com poderes específicos para o seu recebimento.

Oportunidade de pagar dívidas ou investir o dinheiro!


Muita gente vai aproveitar este recurso para ficar com as contas em dia e limpar o nome na na praça. Por isso, além de usar o dinheiro para necessidades básicas, se deve usar com sabedoria para aproveitar o recurso para quitar pendências.

Mas, por outro lado, também é uma oportunidade de mudança de vida, que muitas vezes pode acontecer com investimento em educação, por exemplo. Aqui, podemos citar os cursos profissionalizantes, sempre muito bem-vindos em qualquer situação, pois são mais em conta (comparado a faculdades e cursos técnicos) e geram grandes oportunidades de recolocação no mercado de trabalho. O mais importante é usar o recurso da melhor maneira possível! 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.